Enfermeira que estava com covid abraça sua bebê pela primeira vez | Blogs | Campanha do Bem

Enfermeira que estava com covid abraça sua bebê pela primeira vez

Tatiane Marques Rodrigues | 03/02/2021 17:46

Eva Gicain, uma enfermeira de 30 anos, só pôde ver e encontrar propriamente sua bebê, Elleana, depois de receber alta num hospital em Cambridge, na Inglaterra, no fim de janeiro. A profissional de saúde estava com covid-19 e chegou ao hospital em outubro, quando estava com 34 semanas de gestação. Eva estava de licença-maternidade do seu trabalho no sistema público de saúde do Reino Unido, em Londres, e, pela gravidade de seu estado, não se lembra do parto nem das semanas em que permaneceu internada.

"Quando segurei Elleana pela primeira vez, não queria soltá-la", disse ela. "Foi um momento especial", contou a enfermeira para BBC.

O marido da enfermeira, Samuel Lina, de 30 anos, também teve covid-19, não pôde visitar a esposa e teve de esperar três semanas para ver a filha Elleana, que estava em uma unidade de cuidados especiais para bebês.

Com a recuperação da saúde de Eva, a família finalmente conseguiu se reunir novamente e decidiu comemorar o Natal de forma atrasada, de janeiro para fevereiro, em homenagem à filhota.

Fonte: R7