Bancada do Poder Popular | Campanhas | Campanha do Bem
R$ 1.935,00
Meta: R$ 5.000,00
17 pessoas já contribuíram
38.7%

Sobre esta Campanha

A Bancada do Poder Popular formada por Christy Muniz, Fernanda Neves, Gabriel Landi, e Gabriel Lazzari, é uma das candidaturas coletivas do PCB SP para a Câmara de Vereadores. E precisamos da sua solidariedade.

Nós temos uma pequena participação no fundo partidário atualmente. A cláusula de barreira, ao contrário do que dizem os monopólios midiáticos, não enfraqueceu legendas de aluguel, pelo contrário! As legendas de aluguel seguem fortes recebendo dinheiro de empresários e da classe dominante. Nós que compomos um Partido “ideológico”, revolucionário, que têm princípios e não se vende a interesses particulares, temos a auto-organização dos (as) trabalhadores (as) e somente. 

Mantemos a nossa independência de classe, nossa liberdade de ação e nossa linha revolucionária justamente por não termos rabo preso com ninguém. Por isso a sua contribuição e importantíssima! Somente através do seu apoio e ajuda financeira poderemos estar na Câmara de Vereadores de São Paulo fazendo as denúncias necessárias, doa a quem doer! Estaremos lutando com os trabalhadores, como sempre estivemos desde nossa fundação em 1922. Seremos um instrumento de pressão, conclamando e estando na rua com o conjunto dos (as) trabalhadores (as) paulistanos que têm os direitos mais fundamentais negados. Nossos princípios são inegociáveis, justamente por isso pedimos a sua contribuição, pois sabemos que quem paga a banda, escolhe a música! Construa a Bancada do Poder Popular, O PCB e a luta pela emancipação real dos (as) trabalhadores (as) de São Paulo. Vote Comunista: 21121! Construa o Poder Popular e o Socialismo!

CONHEÇA UM RESUMO DAS NOSSAS PROPOSTAS! 

Propomos a criação de programas de EMPREGOS emergenciais no município, criando uma estatal de manutenção responsável por esses empregos emergenciais focando em áreas como recuperação de prédios e instalações do Município, jardinagem, tratamento, paisagístico, limpeza urbana, obras de saneamento e de construção de redes de abastecimento de água, ações preventivas de saúde, controle de trânsito e florestamento e recuperação ambiental, etc. Tudo isso garantindo uma renda de salário mínimo aos trabalhadores envolvidos. 

O investimento em obras de infraestrutura para geração de emprego e bem estar, bem como o apoio às micro e pequenas e mercados populares através de cooperativas são somente algumas das medidas que propomos para o enfrentamento do desemprego na cidade de São Paulo, agravado pela crise econômica, pelo COVID-19 e pela política dos governos que colocam esses custos sociais nas nossas costas. Um programa amplo de assistência social, saúde e emprego voltado a POPULAÇÃO VULNERÁVEL. 

No âmbito da SAÚDE propomos a criação de Conselhos Populares de Saúde para que os trabalhadores controlem e cobrem a execução da política de saúde nos seus distritos, com eleições para os cargos administrativos dos aparelhos de saúde. O combate à pandemia passa pela garantia dos empregos dos funcionários da saúde, garantia de testes e assistência financeira, médica e psicológica. Reivindicamos aumento salarial, planos de carreira atualizados e o estabelecimento de 30 horas de jornada semanal, assim como mais concursos para suprir a necessidade do sistema de saúde. 

O enfrentamento a privatização da saúde vai além do fortalecimento das estatais municipais produtoras de insumos e remédios, e envolve a instauração de uma CPI das privatizações, com reestatizações necessárias, garantindo o emprego dos terceirizados. A saúde especifica dos trabalhadores de modo geral, mulheres e setores vulnerais é prioridade, bem como a saúde familiar integrada das comunidades. A garantia do saneamento básico para 100% dos moradores de São Paulo, com foco inicial nas periferias é um objetivo central para garantia a saúde e bem estar dos trabalhadores. 

A EDUCAÇÃO deve ser popular, vinculada aos interesses de nós trabalhadores, com participação ativa de todos, libertadora, 100% pública e que prepare para os desafios da vida e para o socialismo. A educação deve ser politécnica e estar ligada a produção para fornecer nossas necessidades materiais, com amplo acesso a uma gama de conhecimentos e tecnologias com valores humanísticos, plural, que comtemple as diversas contribuições culturais do povo paulistano. Entendemos que a educação é um direito de todo jovem, por isso nos propomos a lutar para que o acesso universal a ela seja garantido.

Esses eixos principais são todos articulados pelo PODER POPULAR, que é a participação ativa, crítica e libertadora de nós trabalhadores em todos os âmbitos da sociedade, pensando, decidindo e fiscalizando as políticas que nos afetam diretamente. Somente através da auto-organização teremos nossos interesses garantidos, e nessa prática nascem às sementes do SOCIALISMO.

Novidades Publicadas

  • <%novidade.titulo%>

    <%novidade.criado_em_diff%>
Nenhuma novidade... ainda.

Quem já contribuiu

  • <%doador.name%>
    <%doador.donate_at_f%>
Nenhum doador... ainda.

Denunciar

Se acha que esta campanha não deveria estar aqui por ferir dos nossos termos de uso, ou por te ofender de alguma forma, por favor deixe-nos saber. Inclua no formulário abaixo os motivos de não concordar com esta campanha e nós avaliaremos com cuidado.

R$ 1.935,00
Meta: R$ 5.000,00
17 pessoas já contribuíram
38.7%
ENCERRADA
Escaneie este QRCode no seu smartphone ou tablet para ir direto à página de doação desta campanha. Baixar QR Code

COMPARTILHAR

Copiado!
participa.la/bancada-poder-popular
ENCERRADA