Artigos de ajuda em 4 - Vaquinhas Eleitorais | Ajudas | Campanha do Bem

Siga as instruções abaixo ou assista nosso VÍDEO EXPLICATIVO.

Clique aqui para fazer seu cadastro:

Em seguida, preencha seus dados conforme consta em seu CPF e clique em CADASTRE-ME.


Agora é só escolher se quer pagar com boleto ou cartão de crédito, preencher os dados solicitados e clicar em PAGAR AGORA.

Após a confirmação do pagamento, você pode criar sua campanha e começar a arrecadar. Para ver o passo a passo da criação da campanha, clique abaixo na opção "1.2 - Como criar minha campanha?".


Siga as instruções abaixo ou assista nosso VÍDEO EXPLICATIVO.

Após fazer o cadastro e ter o pagamento confirmado, faça o login no site clicando aqui.

No painel de controle, clique no menu MINHAS CAMPANHAS.


Agora é só preencher os dados, fazer upload das fotos ou colocar o link do Youtube de seu vídeo de apresentação, informar os links de suas redes sociais e clicar em SALVAR.


ATENÇÃO! Sua foto de perfil deve estar no tamanho 140 x 140 pixels e sua imagem de capa deve ter 600 x 350 pixels. Você também pode usar fotos com resoluções maiores, desde que mantidas as mesmas proporções entre a largura e a altura. Fotos com resoluções diferentes das informadas podem ficar distorcidas.

Pronto! Sua campanha foi publicada e você já pode arrecadar doações. Leia atentamente nossas DICAS para uma campanha de sucesso clicando aqui e veja como divulgar o link e o QR Code de sua página no item "1.4) Como divulgar minha campanha?".

Imediatamente! A Campanha do Bem gera, em sua Página de Transparência, um relatório que é atualizado a cada doação confirmada pelo meio de pagamento. Você também encontra a lista de doadores na página exclusiva de arrecadação de cada candidato.

Para divulgar sua campanha, você pode usar o link personalizado da sua página ou seu QR Code exclusivo de arrecadação. Você encontra essas ferramentas aqui:

Você pode divulgar o link por aplicativos de mensagens, como Whatsapp e Telegram, ou inseri-lo em suas publicações nas redes sociais e nos materiais de campanha impressos e virtuais.

O QR Code é mais versátil e moderno e você pode colocá-lo nas fotos e vídeos postados nas redes sociais e em suas "lives" e eventos online, da mesma forma que os artistas têm feito recentemente. Além disso, você pode usá-lo em cartões de visita e em materiais de campanha físicos ou virtuais. Deixe sua criatividade fluir e impulsione sua arrecadação!

Veja nossas dicas para uma campanha de sucesso clicando aqui.

Sim. Além de termos as menores taxas do mercado, somos o único site de vaquinha eleitoral que reduz sua taxa administrativa em 0,2% a cada R$ 10.000,00 arrecadados. É mais dinheiro para sua campanha!

Sim. Independentemente da natureza do desconto, a taxa administrativa poderá ser reduzida em no máximo 1%. Assim, as campanhas mais bem sucedidas podem pagar apenas 2,99% de taxa administrativa.

Sim. Se o pré-candidato desistir de concorrer ou tiver seu registro de candidatura indeferido pela Justiça Eleitoral, os valores doados em seu nome serão reembolsados aos doadores, descontadas todas as taxas.

Partidos políticos e candidatos poderão arrecadar recursos e contrair obrigações até o dia da eleição, contudo, é permitida a arrecadação de recursos exclusivamente até o limite para a quitação de despesas já contraídas e não pagas até o dia da eleição, as quais deverão estar integralmente quitadas até o prazo de entrega da prestação de contas à Justiça Eleitoral. Portanto, o candidato somente poderá receber recursos das entidades arrecadadoras, após a eleição, para quitar despesas de campanha contraídas e não pagas.

Para a liberação dos recursos arrecadados, o Candidato deverá cumprir os seguintes requisitos: 

I) requerimento do registro de candidatura;

II) inscrição no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ); 

III) abertura de conta bancária específica destinada a registrar a movimentação financeira de campanha.

I) 29 dias corridos mais 2 dias úteis, contados a partir do dia seguinte à doação, para pagamentos com cartão de crédito;

II) 2 dias úteis nos pagamentos por boleto, contados a partir da compensação.

Sim. Essas doações deverão ser lançadas no Sistema de Prestação de Contas Eleitoral (SPCE) pelo seu valor bruto, por meio de registro individualizado por doação, e as taxas cobradas pelas entidades deverão ser lançadas como despesas de campanha eleitoral.